Movimentos, tendências, tipos e estilos mais importantes da história da Pintura

Francisco Jesus (FRAGUIAL)


"A arte nada tem a fazer com limites, algemas, mordaças: ela lhe diz: vai! E larga você nesse jardim de poesia onde nao há frutos proibidos" (Victor Hugo)

A arte é a atividade humana, em suas diferentes formas de expressão, que se volta para o estético. Surgiu na Grécia por volta do século IV a.C., com DOURIS de SAMOS, discípulo dos peripatéticos. A pintura é a arte de representar objetos naturais ou imaginários, idéias, sentimentos sobre uma superfície bidimensional, com o auxílio de pigmentos ou corantes.

São os seguintes os movimentos, tendências, tipos e estilos mais importantes da história da pintura:

Impressionismo

Foi uma concepção artística que surgiu no último quartel do século XIX e que abrangeu os setores da pintura, caracterizando por atribuir importância fundamental à impressão lírico-subjetiva, relegando ao segundo plano toda a descrição objetiva de detalhes. Estilo anti-acadêmico, inicialmente tinha um cunho pejorativo, cujo nome deriva-se de um quadro de Monet entitulado "Impression au Soleil Levant" (1874). Cores justapostas, cabendo à retina reconstruir os tons. Foi uma reação contra o espírito greco-latino e a organização escolástica. A crítica dizia: sem arte, nulidade, sem estudo. Alguns do mais famosos impressionistas: Manet, Monet, Van Gogh, Cèzanne, Renoir, Gauguin.

Expressionismo

O expressionismo caracterizou-se pela deformação ou exagero das figuras e buscava expressão dos sentimentos e emoções do autor. Foi um movimento artístico e literário que se iniciou na Alemanha, de 1914 a 1924, como um estilo explosivo errático, não descritivo, acentuando o dinamismo e o êxtase. Traduziu a desordem espiritual e a exaltação subjetiva de seus cultores, reduzindo os valores sociais a um estado de caos e desespero. Desenvolveu-se paralelamente ao Futurismo, na Itália, influenciando os movimentos modernistas. O expressionismo divide-se em dois grupos: o que dá ênfase à plástica e o que dá ênfase à forma psíquica. Entre os mais famosos expressionistas estão Daumier, Van Gogh, Jawlensky, Kandinsky, Kirchner, Segal, Picasso, Chagal e Portinari.

Fauvismo

Movimento artístico que se manisfestou de 1905 a 1907, caracterizado pela equivalência da luz e pela construção do espaço com auxílio exclusivo da cor. Este movimento revolucionou o conceito de cor na arte contemporânea, renegando a paleta de tons naturalistas dos impressionistas e usando cores violentas. Foi a tentativa de adicionar o elemento dinâmico ao cubismo estático, sendo a primeira revolução artística do séc. XX, onde se abolia o modelado jogo de luzes e cores. Havia uma correspondência entre o elemento expressivo e o decorativo e simplificação dos meios expressivos. Seu percursor foi Van Gogh, porém os mais famosos fauves (significa "feras") foram Matisse, Vlaminck e Rouault.

Cubismo

Este movimento tinha o objetivo de se afastar da representação naturalista, conseguindo mostrar formas sobre a superfície do quadro a partir de vários ângulos. O cubismo surgiu por volta de 1919, propunha a reprodução do objeto em suas três dimensões na superfície plana da tela. Toda a história do cubismo se resume na busca de uma solução para vencer tal dificuldade. Não tinha preocupações teóricas, tratava a natureza por meio de formas geométricas como o cilindro, o cone, esferas, etc. Havia três tipos de cubismos: o Cèzanniano, o analítico e o sintético. Alguns cubistas: Cèzanne, Picasso, Braque, Gris e Léger.

Abstracionismo

O abstracionismo é a arte que se opõe à arte figurativa ou objetiva. Caracteriza-se por não procurar reproduzir as formas e as cores naturais. É o mesmo que arte não-figurativa ou não-representativa. Pintura abstrata é qualquer manifestaçäo artística que, desprezando a mera cópia das formas naturais, tenha por ambição criar formas outras que nem imitem e nem simplesmente dupliquem as naturais.

Naturalismo

Foi uma doutrina artística que se sustentou na representação objetiva da natureza, sem interpretações subjetivas, aproximando-se da fotografia. "Natureza-morta", em pintura, é o agrupamento de certo número de seres ou objetos inanimados, não necessáriamente mortos, porém imóveis, como frutas, flores, peixes, vasos e outros objetos.

Surrealismo

Movimento artístico surgido na França em 1924 através do "Manifesto Surrealista". O surrealismo, como o próprio nome já diz, é uma forma de "fora-do-real", uma espécie de sonho. Uma forma de expressão em que a mente não exerce nenhum tipo de controle. A maioria dos surrealistas , sendo Dalí o mais destacado, tentou plasmar, seja por formas abstratas ou figurativas simbólicas as imagens da realidade mais profunda do ser humano: o subconsciente. O surrealismo é também uma espécie de mecanismo que não se limita a transcrever passivamente o sonho e sim descobrir um modo de acionar o inconsciente mediante ao "automatismo psíquico". Desta maneira uma idéia segue a outra sem a consequência lógica das demonstrações usuais e sim automáticamente. Dalí, Man Ray, André Masson, Joan Miró, Pierre Roy e René Magrit foram os principais surrealistas. Com inigualável excelência conseguiram mestrar a corrente artística moderna do irracional e do subconsciente.

Arte Renascentista

Movimento artístico dos séculos XV e XVI que introduziu novas técnicas a serviço de novos ideais na pintura florentina, com desenho estrutural com alta emotividade. Principais renascentistas: Leonardo da Vinci, Rafael, Michelângelo.

Rococó

Foi o estilo de pintura que se desenvolveu na Europa, notadamente na escola da Inglaterra, durante o século XVIII, caracterizando-se por absoluta liberdade de composição e pelo tratamento sempre requintado que imprime aos temas. Pintura decorativa e cheia de vivacidade, com temas de pessoas da nobreza e de cenas domésticas com o gênero de "retrato".

Neo-clássica

Tendência artística que dominou a pintura européia desde o último quartel do séc. XVIII, também conhecido como Arcadismo, que tinha por objetivo o retorno ao estilo clássico de beleza. Opôs-se ao Romantismo. A tendência da pintura baseava-se na imitação superficial das formas artísticas da Grécia e de Roma.

Maneirismo

Estilo que se caracterizava pela plasticidade das figuras exageradas usando cores de modo arbitrário. O maneirismo foi uma concepção artística que se manifestou na Itália por volta de 1530, com base no claro-escuro de Caravaggio, no desenho de Rafael e na dinâmica do pintor Michelângelo. Durou até o fim do séc. XVI marcando a passagem do estilo renascentista para o barroco. Aconteceu, portanto, após a Renascença. Era uma síntese dramática de estilo de cenas religiosas e mitológicas. Alguns dos principais maneiristas foram: Tinturetto, Veronese, El Greco, Giulio Romano.

Dadaísmo

O Dadaísmo, também conhecido por "Dadá" foi um movimento artístico surgido por volta de 1916, em Zurique (Suiça), com um princípio essencial para o finalidade de tudo, o absurdo. Assim, o Dadaísmo foi o percursor do Surrealismo. Foi mais evidenciado nos movimentos literários.

Pontilhismo

O Pontilhismo, conhecido por Divisionismo, Cromo-Luminarismo ou Neo-Impressionismo, foi um movimento pictórico pós-impressionista surgido na França em 1880 com reação ao Impressionismo e à pintura oficial. É a técnica da decomposição dos tons por meio de pontos justapostos. Alguns pontilhistas: Seurat, Matisse, Signac, Cross, Van Rysselberghe.

Arte Moderna

Designação genérica para os diversos movimentos artísticos que se originaram em fins do séc. XIX e se desenvolveram no decorrer do séc. XX, como: Cubismo, Fauvismo, Surrealismo, Futurismo e Expressionismo. Percursores: Cèzanne, Van Gogh, Gauguin.

Futurismo

O Futurismo foi um movimento artístico (1909-1918) que teve como objetivo tentar adicionar o elemento dinâmico ao Cubismo estático. Alguns futuristas: Rosai, Sironi, Prampolini.

Pop Art ou Arte Pop

Movimento artístico iniciado na década de 1959 nos Estados Unidos. Inspirou-se na cultura das massas. Reprodução de latas, tiras de histórias de quadrinhos, sinais de trânsito, colagens, etc. Usa diversos materiais de tecnologia moderna (poliester, espuma ou tinta acrílica). Deixou marcas no grafismo e no desenho de moda. Principais artistas pop: Warhol, George Segal, Jasper Johns.

Pintura Ingênua

Pintura Ingênua (1905) erroneamente chamada de "primitivismo" é um estilo de pintura sem conhecimento acadêmico e necessidade de expressão. É uma cópia fiel da natureza.

Construtivismo

O Construtivismo foi um movimento artístico que surgiu na Rússia em 1913. Reagia contra os excessos do Cubismo e do Expressionismo e restrigia-se às cores primárias e acentuava a paixão pela máquina e pela técnica.

Encáustica

A Encáustica é um tipo de pintura de cavalete, já praticado na Antiguidade (séc. IV a.C.) por Polignoto e que consiste em diluir as cores em cera derretida a qual é aquecida no momento de ser utilizada. Mais tarde Praxiteles a aperfeiçoou. Ficou em desuso até meados do séc. XVIII quando foi redescoberta por Gaylus e Bachelier. O vocábulo "encáustica" deriva do grego "egkaustiké" , que significa "queimado", "preparado com fogo".



Francisco Jesus (FRAGUIAL)
Autor


Visite o Forúm deste Artigo
Galeria de Artes Plásticas -- Pintura, Fotografia, Escultura, Cerâmica, Desenho ...
Copyright © 2011 RMDA Software
Contacte-nos via email